Take a fresh look at your lifestyle.

O vinho engorda? Descubra a verdade por trás deste mito

Que tal consumir vinho sem peso na consciência, imaginando coisas sem saber se são de fato verdadeiras? Nesta leitura você poderá tirar esse peso, pois vamos te explicar se o vinho engorda ou não.

Então se você sempre reserva um tempinho durante a semana para apreciar uma boa taça de vinho, aqui você vai saber as consequências dessa prática, não somente a sensação que você já sente de bem-estar após um dia meio turbulento.

O que dizem os enólogos, nutricionistas e médicos sobre o consumo de vinho?

Veja abaixo qual a posição de profissionais na área da saúde e do produtor de vinhos com relação ao bem que esse consumo pode trazer na sua vida

Enólogos

Na visão desse profissional, temos que elevar o patamar do vinho, de uma simples bebida alcoólica para um tipo de alimento, tudo isso porque na sua composição o vinho traz componente como minerais, aminoácidos, carboidratos, além de um componente químico chamado polifenóis, que tem como principal função auxiliar no metabolismo

Nutricionistas

Já na percepção dos nutricionistas, numa resolução do seu conselho, eles ressalvam que apesar dos componentes funcionais do vinho, é preciso se atentar à quantidade ingerida pois é uma bebida alcoólica na sua essência, logo o seu consumo em excesso pode trazer problemas clínicos e sociais. Um dado importante para se ter como conhecimento, é que o vinho tipo branco possui de 11% a 12% de teor alcoólico e o tipo tinto entre 12% e 13%.

Médicos

Os profissionais médicos, mas especificamente da área da cardiologia, reconhecem as ações positivas que o consumo do vinho traz, dos antioxidantes. Mas, eles também orientam para o nível de ingestão que de forma elevada gera um nível superior do que o corpo pode metabolizar e assim torna-se maléfico ao organismo.

Os benefícios do vinho para a saúde

Devido à sua composição, podemos destacar alguns benefícios para o ser humano. Como já dito, os antioxidantes acabam atingindo e potencializando a saúde cardiovascular, e auxiliando no controle do colesterol ruim.

Os benefícios do vinho para a saúde
Quais os benefícios. Fonte/Reprodução: original.

Por causa de um outro componente presente na sua composição, o resveratrol, o consumo do vinho ajuda na redução do estresse oxidativo e do controle da pressão arterial, retardando também o progresso da aterosclerose. 

Esse componente também traz consigo o benefício de ser um aliado na prevenção ao câncer, reduzindo a multiplicação de células causadoras da doença.

Não para por aí, o vinho também tem efeitos positivos no cérebro, prevenindo inflamações cerebrais e diminuindo o risco de Alzheimer. E seguindo os benefícios que o seu consumo traz temos a prevenção a proliferação das cáries através do componente chamado polifenóis, impedindo o seu desenvolvimento.

As calorias do vinho e seu efeito no peso

Se você quer saber se o vinho engorda, consequentemente vem a questão das calorias e para você que consome o vinho saiba que fica entre 80 e 120 calorias para cada 150ml, mas é bom salientar que quando comparamos os dois tipos de vinho, branco e tinto, esse último é mais calórico. Assim como tudo o que ingerimos em excesso pode trazer consequências,  o vinho engorda dependendo de quanto você consome,.

Como beber vinho sem engordar

A dica para conseguir beber vinho sem engordar é consumi-lo de forma mais moderada e ainda melhor optar pelo tipo branco, visto que o vinho branco possui teor alcoólico menor, logo menos quantidade de açúcar na sua composição.

O vinho pode ser parte de uma dieta saudável?

Se você pensa em consumir vinho e, em simultâneo, preservar a saúde na mesma proporção, a dica a se seguir é mais uma vez, consumi-lo de forma reduzida, e que a sua escolha seja mais voltada para o tipo branco, mas se preferir o tinto, os tipos Cabernet Sauvignon, Merlot e Malbec são os mais recomendados.

O vinho pode ser parte de uma dieta saudável?
Dieta. Fonte/Reprodução: original.

Agora que você já sabe se o vinho engorda, mais uma vez é importante ressaltar que você o beba de forma moderada, se atentando ao teor alcoólico que pela tangente vai te mostrar o quanto prejudicial pode ser os seus efeitos deletérios quando houver exagero. 

Portanto lembre-se, o equilíbrio é essencial, e uma média indicada pelos conhecedores é o consumo de duas taças de vinho, assim vai te trazer o prazer e a saúde concomitantemente.

Comments are closed.